Seguidores

Nuvem de Tags

quarta-feira, 28 de abril de 2010

O que você quer ser quando crescer?

" Mas o Brasil vai ficar rico
Vamos faturar um milhão
Quando vendermos todas as almas
de nossos índios num leilão"
(R. Russo)
Estamos crescendo sim, destinando sete vezes mais de tudo o que produzimos para pagar a dívida externa (Obrigaaaaaaado JK, por começar tudo isso) e interna em relação ao que é destinado de fato para as pessoas que suaram pra produzir o tesouro. Estamos crescendo sim, sem fazer reforma agrária, sem reforma urbana, sem reforma tributária, sem reforma política, enfim, sem porra nem uma que garanta a distribuição dessa renda já escassa. Ainda que, pelo próprio motivo de eu estar escrevendo isso (O Brasil estar crescendo) não se possa afirmar que nada foi feito de bom nos últimos anos, tenho certeza que o Brasil pode sim dar exemplo ao mundo de como é possível crescer de forma sustentável, mas isso não será possível se o Estado Brasileiro continuar pondo os números na frente das pessoas.

O Brasil quer ser grande destinando apenas 5% do que arrecada para a saúde e 3% para a educação. Na prática a saúde e a educação já estão privatizadas. Então a coisa fica mais ou menos assim: Foda-se quem não tem dinheiro! Continuem desdentados, morrendo nas filas do SUS e burrinhos, dependentes das instalações sucateadas do governo. O PROUNI, por exemplo, em geral é um projeto de distribuição de canudos, que joga os alunos de baixa renda em instituições sem projetos de pesquisa ou extensão, ou seja, pessoas que vão fazer um curso técnico com nível superior; o governo deveria direcionar esse recurso pra criar mais vagas nas universidades federais, que mesmo cambaleantes, ainda conseguem a duras penas produzir conhecimento para esse país. Isso sem falar de Belo Monte e toda a política ambiental rendida aos interesses predatórios, como se já não bastasse tudo o que os países desenvolvidos já fizeram contra a natureza.

O Brasil está crescendo. Pisando degrau por degrau. O problema disso é que infelizmente grande parte da massa que compõe esses degraus é formada por pessoas excluídas, e corremos o risco de cometer os mesmos erros que o mundo cometeu até chegarmos ao caos em que vivemos, com tanta miséria distribuída, tanta riqueza concentrada e tanto geocídio cometido. Se continuarmos adotando o modelo de desenvolvimento atual, seremos grandes sim, de fato, um gigante deformado que trará marcas de opressão em sua pele, manchas de sangue em sua fronte e o semblante de quem construiu a torre da felicidade sobre a areia. Eu não quero ser isso quando crescer.

15 comentários:

Jamylle Bezerra disse...

"Um gigante deformado" sim.

Fazemos hoje sem pensar no amanhã e acabamos alimentando um monstro...

Precisamos de mudanças, já!

Tô de volta!!!!

Nara disse...

Eraldo,

Eu não sei o que certas gentes tem na cabeça.

Como um país vai crescer forte, bonito e gentil, sem educação? Não é a base? Não é o que faz andar? Não é o que sustenta? Então pq excluir essa etapa tão importante?

Eu me decepciono.

Beijo,
Nara

Luna Sanchez disse...

O Sistema Educacional está falido, o de Saúde, sucateado...não vejo, nem aceito como verdade, o tal "crescimento", nesses moldes. ¬¬

* Obrigada pelo lindo comentário, lá no blog. Gosto de ti, guri.

Beijo,

ℓυηα

Batom e poesias disse...

Eu também!

bjs

Altavolt disse...

Grande Eraldo, parabéns pelas iniciativas sempre válidas de tentar esclarecer os leitores sobre os problemas brasileiros. É muito importante que pelo menos alguns tentem conscientizar as pessoas. E vc acertou em cheio com a letra de Renato Russo na abertura do texto. Esse tinha talento excepcional e via tudo pelo menos 20 anos na frente dos outros! Abração!

Alline disse...

Eraldo, eu vejo que a economia cresceu, mas cadê que houve interesse em educação, em formação de mão de obra especializada? O negócio é dar migalha e subir no palanque pra dizer que o Brasil é lindo, que o povo é lindo. Olho tudo com desconfiança.

Beijo pra ti!!!!

Valéria disse...

As almas dos nossos índios foram vendidas ainda na colonização. Sim, nosso país melhorou, eu tenho fé e sempre terei, a maioria do povo gosta mesmo de reclamar, mas temos aí novos candidatos para presidente, será que saberão escolher?!
Eu sei fazer a minha parte!

BeijooO'

Michele P. disse...

Eraldo

Infelizmente o problema do nosso gigante não vem de hoje...


Bjos

Andréa Silveira disse...

Gostei msm do teu blog, vi tb que seguimos blogs em comum. Voltarei! Qdo puder visita: http://meuprojetopiloto.blogspot.com

Tânia Meneghelli disse...

Oi Eraldo, voltei!

Muito legal o seu post, acho que toda hora é hora de se indignar com os problemas que nosso país eternamente tupiniquim apresenta.

Concordo também com os comentários que vi por aqui, especialmente com o que a Nara fez. Meu Deus, que jeito poderá ter um país que despreza a educação dessa maneira? Aliás, diga-se de passagem, a pouca importância que se atribui à educação no Brasil é um exemplo que vem do topo atualmente.

É isso, eu também me decepciono.

Beijoca!

Léo Santos disse...

É isso aí... Muito bem ditas palavras! Estamos sofrendo na péle os problemas na educação e saúde! Mandou muito bem cara! Esse crescimento que é passado pro povão é politicagem eleitoreira!

Um abraço!

Luna Sanchez disse...

Passando pra deixar beijos, guri. ^^

ℓυηα

[Ananda] disse...

eu tbm nao quero ser isso quando crescer.Quanto ao enem vc tem razão ela vem pra ferrar a vida do pobre,e privatizar ainda mais a educação,a federal é capenga,mas é ela q é pública,eu quero ir pra lá msm sendo assim,ela deveria ser um direito nosso.,deveriam abrir mais federais ao invéz de tentar ir privatizando o ensino aos poucos,o Belo Monte tbm é mais uma das injustiças q estão acontecendo,realmente o Brasil só vai ficar rico quando acabar com todos os seus índios,diria pobre,mas é o brasileiro,perdendo seus direitos a cada dia,ficando calado diante de situações q não é pra brincar,gritando pelo futebol enquanto está ocorrendo eleições e comemorando o carnaval...Sabe,a culpa não é totalmente dele,a culpa é da "democracia" q criaram,a culpa disso td é a falta de informação crescente,é o q criaram para gente,mas temos q sair dessa escuridão um dia,senão vai ser sempre assim.
Bom,gostei pra carambah do texto,desculpa se atualmente não ando lendo nada,tô sem tempo,e tbm tô proibida de entrar em casa na net,enfim..=/mas sempre arrumo um jeito,e tipo,épocas de reflexões como falei,mas acho q já tô saindo mais dessa,tõ me superando de novo.Bom,moço saudadão um beijo pra ti^^,e bom fim de semana,.

[Ananda] disse...

escrevi muito.desculpa.xD
era pra ser algo menor..o.O

Luna Sanchez disse...

Cadê post novo? Cadê tu? =\

Beijos, saudades.

ℓυηα