Seguidores

Nuvem de Tags

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Sabe...? Devaneio 5*

Sabe quando aquele filho da puta que te enche o saco pra caralho abre a guarda por tempo suficiente pra você detoná-lo, e no exato momento de fazê-lo você sente pena? Não?!
Sabe quando você deixa de enxergar um filho da puta e só consegue ver um pedaço de merda inútil em sua frente?
Mas afinal quem tem tempo pra ficar revirando lixo?
Pois é!


_________________
* Outros devaneios:

Sabe...? Devaneio 4

Sabe...? Devaneio 3

Sabe...? Devaneio 2

Sabe...?

6 comentários:

***MissUniversoPróprio*** disse...

Sei...e eu sempre tenho pena. =/

Querido, que delícia teu comentários lá no meu blog... gosto demais! E não se preocupe, você não é repetitivo de forma alguma... e eu adoooro música! Muito obrigada pelo carinho de sempre, viu?

Um beijão!

Batom e poesias disse...

Eu sei...

E sabe porque você sente pena?
Porque você não é igual a ele.

Adorei os seus devaneios, sabe?

bjs
Rossana

Cibelle disse...

Sei... e te entendo... Beijos!

Luna Sanchez disse...

Uhun, sei bem como é.

Uma sensação de que, revidar, naquele momento, nos tornaria tão "nada" quanto ele.

Isso é consciência. Ponto pra quem sente isso.

Beijo, moço!

* E aí, já achou a mulher, aquela?

Rs

ℓυηα

Vanessa Cornélio disse...

Revidar sem encontrar alguma solução para seu próprio problema é perda de tempo... criar problemas aos outros por puro fetiche é reinventar sua própria angústia.
Devaneios... incoerências... reminisceências da dor q queremos esquecer.
Aobrigada por me visitar... Seu espaço é um convite à reflexão. Refletimos então. bjs

Menina Misteriosa disse...

Sim, eu sei bem o que é isso.
E, na hora, também sinto pena. Penso bem. E chego a conclusão que não quero ser igual a ele...

Gostei do seu espaço e adoro seus comentários no Céu!

Um beijo