Seguidores

Nuvem de Tags

sábado, 19 de dezembro de 2009

A música simplesmente é

Blogagem Coletiva: Vamos Falar de Música
Uma verdadeira orgia musico-blogal!


Não há ambiente sem música. Até mesmo o silêncio é uma sinfonia de sensações que imprime o ritmo de nosso humor em meio ao nosso tudo particular submerso naquele nada aparente. Quando estamos no trânsito, mesmo sem um aparelho de Mp3 ligado, ou sem aquela radio cafona sintonizada pelo motorista do ônibus, o som das buzinas são uma espécie de improviso jazzístico sobre a voz rouca do motor. O que dizer então dos berçários e todos aqueles vocalistas de Rock'n Roll disputando pra ver quem dá o maior agudo, além daquelas rechonchudas musas do pop desferindo aqueles gemidos sensuais, fazendo caras e bocas? O que dizer do fulano que chega em casa? Introdução: Campainha em lá menor. Base: Passos ritmados - velocidade dependendo da preguiça ou da idade do anfitrião. Solo: cumprimentos que de tão formais e automáticos, são como uma letra de rap. Tem a canção do namoro, com estrofes melodiosas e refrões profundos e pegajosos - muitas vezes viris, outras vezes capazes de nos fazer lacrimejar. Há a música do trabalho, com o canto gregoriano entoado pelos puxa-sacos ao Deus da repartição, ou o batuque dos canibais famintos que aparentemente estão ao seu lado, mas na verdade estão temperando sua carne para a janta de daqui a pouco. Jamais podemos esquecer a música instrumental dos olhares incandescentes a flertar, ou do contratempo semitonado dos ambientes de debate e seus acordes muitas vezes dissonantes. Obviamente também existe a música dos motéis, duetos que em ocasiões especiais podem ser quartetos, semelhantes aos corais entoados singelamente pelos estudantes em viagens livres de censura, onde a criatividade artística não só é liberada como insentivada. Existe a canção do lar, composta por muitos parceiros e parceiras, reanrranjada diariamente, sempre no mesmo tom. Existe música na feira também, como não? É na feira que a composição dos aflitos se junta à metáfora dos versos livres para formar a canção dos desgraçados sorridentes. Não poderia deixar de haver música para surdos e mudos, ou seja, aquelas entoadas por políticos sobre o palanque.

O fato é que a música está em todo lugar, porque é de todo lugar que ela brota; uma música pode nascer de uma paisagem disneysíaca ou de uma espremida no banheiro. A música brota do limbo, do purgatório que separa o céu do inferno, das palafitas que separam os transeuntes dos igapós.

A música não tem obrigação de ser nada, nem tem culpa do pai ou da mãe que têm. A música simplesmente é. Não serve pra educar, nem serve pra ser nada. Uma música de vanguarda para analfabetos é como ouro era para os nossos antepassados indígenas. Aliás, musicais mesmo eram eles, pois preferiam os espelhos, ou seja, algo que os fizessem refletir o que de fato eles eram a se iludirem com um brilho que não era de fato deles.

A música é feita com uma poção mágica, cujos ingredientes são:

- Uma pitada de Ar
- Duas doses de Diafragma
- Articulação ósseo/muscular a gosto
- Doses generosas de Alma

A música, pra ser entendida, deve ser sua.
















Um dos critérios obrigatórios desta blogagem coletiva é elaborar uma lista com as melhores músicas segundo nosso próprio gosto, o que é muito difícil - ainda que fosse um top cem seria complicaddo. Por isso eu vou expor não necessariamente as minhas músicas prediletas (amo elaborar listas de melhores qualquer coisa), mas sim aquelas que melhor refletem meu jeito de ser e de pensar no presente momento que vos falo agora neste exato instante:

1 -Eu Quero Apenas (Roberto Carlos e Erasmo Carlos)

2 - O Vencedor (Marcelo Camello)

3 -Do the evolution (Pearl Jam)

4 - Roda Viva (Chico Buarque de Hollanda)

5 -Eu era um lobisomem juvenil (Dado Villa-lobos/ Renato Russo/ Marcelo Bonfá)

11 comentários:

Sil disse...

Música é tudo!!
Bjos

Luna Sanchez disse...

Eraldo,

ninguém vive sem música, porque, como tu descreveu lindamemte nesse texto, a música está em tudo, em cada gesto, em cada piscar de olhos e abrir de bocas, em cada pequeno detalhe.

Como disse Henry Miller : "Para cantar é preciso primeiro abrir a boca. É preciso ter um par de pulmões e um pouco de conhecimento de música. Não é necessário ter harmônica ou violão. O essencial é querer cantar. Isto é, portanto, uma canção. Eu estou cantando."

Parabéns pelo post, adoro o que leio aqui.

* Quanto aos "cheiros", estou esperando... =)

Dois beijos pra ti.

ℓυηα

***MissUniversoPróprio*** disse...

O mundo é musical, e a vida, sem música, seria bem menos atraente.

"Sei que às vezes uso, palavras repetidas, mas quais são as palavras, que nunca são ditas?" Então... grande beijo e obrigada pelo carinho lá no blog! ;)

Jamylle Bezerra disse...

"A música simplesmente é"

Gostei disso e concordo plenamente com vc!!!!!!

Tenha um excelente dia de Natal!!!

Eraldo Paulino disse...

Sil, música é tudo e nada. Outros.

Luna, aah Luna...

Miss, somos eternas crianças, portanto, "de nooovo"!

Jammylle, Um excelente natal pra você também. Você merece, por tudo que conquistou esse ano.

***MissUniversoPróprio*** disse...

Obrigada, querido! Fico feliz que tenha gostado! ;) E é bem verdade, muitas vezes, nor desorganizando, conseguimos nos reorganizar. ;)

Beijo grande e um Natal lindo lindo pra ti!

***MissUniversoPróprio*** disse...

Que coisa boa de se ler! É por isso que não canso de agradecer...o carinho que vem da frieza do computador é capaz de aquecer meu coração.

Muito obrigada! Um Natal lindo pra ti e um 2010 repleto de coisas boas! Beijo grande!

Déia disse...

ja que o assunto é música....

Mando um : Feliz natal pra todos, feliz natal..... rsrsrs

bjkas natalinas

Luna Sanchez disse...

Ei, moço...passei pra deixar um beijo, não, dois beijos especiais de Natal, e abraço a-per-ta-do, também.

Fico melancólica, nessa época, mas costumo me animar um pouco na semana seguinte, porque ano novo me inspira. Nem sei se deveria, mas inspira, enfim.

O plano de começar 2010 na cama, ainda está valendo? :p

ℓυηα

Luna Sanchez disse...

Oi!

Aceito o vinho, sim. Qual a trilha, a seleção musical?

Do encontro desses mundos, de ideias inebriadas, podemos ter ótimas surpresas...pena que será só no ano que vem. =\

Resta esperar.

Tenha um Natal lindo, moço.

Cheiros (gostei, adotei)

Beijo, beijo.

ℓυηα

Ananda disse...

Adorei o texto ,^^

o pessoal de cima disse td.."música é tudo,o mundo seria menos atraente sem música"bom concordo com td isso..amo música,e gostei de vc ter escrito sobre o tema,enfim,música alegra o coração,dá várias sensações na verdade,música é uma viagem ..,
Bom, pessoal aproveitando quero dar um feliz natal e ano novo a todos.^^
adoro os comentários daqui..^^
bjs e boas festas.^^