Seguidores

Nuvem de Tags

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

O tempo é de quem não quer tempo

Certa vez então tentei escrever sobre o tempo,
e o tempo ficou sobre mim todo o tempo.
Foi aí que eu pedi um tempo ao tempo.
O tempo falou pra mim
que ele mesmo é sempre assim
já faz tempo.

Eu sempre tento em vão fugir do tempo.
Sempre.
O tempo nunca sai da cola.
Nunca.
Não dá um tempo.

O tempo assombra meu presente.
Sempre assusta de repente,
quando a minha mente se dá conta
de que o tempo passou,
de quanto tempo está por vir
daqui a um tempo.

O tempo é presente,
foi passado e será futuro.
Queria saber quem inventou...
foi tão burro.

O tempo não existe pra quem faz o tempo.
O tempo terminou pra quem não reparou
que o tempo todo esteve lá de joelhos.

Os comandos do relógio são inversamente proporcionais.
Quando se quer que pare,
ele passa;
quando se quer que esfrie,
ele assa;
quando se quer o tempo,
ele some.

Nunca queira o tempo,
e ele será para sempre seu.

Um comentário:

***MissUniversoPróprio*** disse...

Tempo, senhor dos destinos. Tempo que se vai e a gente nem percebe.

Obrigada pela visita lá no blog. =**