Seguidores

Nuvem de Tags

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Amor x Sexo

Atendendo a mais um desafio do jornalista e blogueiro paraense Adison César Ferreira do ...LENDA PESSOAL, feito a mim e a blogueira Sara Portal, do blog Maktub!!!, que seria tratarmos de AMOR E SEXO. Adison já escreveu aqui a sua maravilhosa contribuição, então hoje a bola está comigo, sendo que amanhã é a vez da Sara. Então já que a bola tá comigo, vamo lá...



Como Arnaldo Jabour já falou quase tudo a respeito da diferença entre amor e sexo, resolvi falar então sobre algumas coisas que existem em comum.

Ambos são assuntos de amplo debate, no qual muitos sabem quase nada (incluindo eu), mas julgam saber quase tudo. Para o amor e para o sexo todo mundo tem uma opinião, seja ela libertária ou conservadora. Pior, todo mundo tem uma fórmula. Tudo quanto é diabo de revista, livro, programa de TV, música, papo de bar, todos querem explicar em última instância como fazer sexo e viver o amor da melhor forma possível. A impressão que dá é que não tem ninguém que se dá mal no sexo e/ou no amor, pois, seja o cara que não come ninguém ou a mulher que está solteirona a vida toda, todos/as parecem viver no paraíso verbal das certezas absolutas.

Há quem diga que para o sexo e para o amor a gente deve estar pronto para se abrir, se arreganhar mesmo ou mergulhar de cabeça com tudo. Há quem diga que para o amor e para o sexo devemos viver não para os outros e sim com os outros, além de, seja com os cuidados de nossas mãos ou das mãos alheias, cuidar do nosso da mesma forma que cuidamos do outro, e jamais esqueçamos que embora tentemos o tempo todo fazer que dois se tornem um, o nosso um e o um do/a outro/a jamais deixará de existir individualmente. Eu costumo dizer que o amor e o sexo são um jogo no qual ficamos felizes que o/a outro/a ganhe e comemore conosco, e enquanto ambos estão com a mesma vontade e a mesma felicidade que o/a outro/a vença, tudo está em paz, pois amor e sexo sem equilíbrio é sinônimo de que, no mínimo, uma pessoa ficará na mão, ou seja, no amor e no sexo, é dando que se recebe, e é só dando que se fode.

17 comentários:

Paulo Braccini disse...

eu DOU muito ... mas muito mesmo ... por isto amo e faço sexo ...

;-)

Suzana Martins disse...

Por isso que sempre digo, eu sempre amor e sexo, sem medida, sem medo. rsrs...

Beijos amado

Michele P. disse...

"é dando que se recebe, e é só dando que se fode." kkkkkkkkk

Eu sempre acabando rindo com vc. rs

Bjos

Sil disse...

Texto doido!

Adison César Ferreira disse...

Graaande Eraldo!
Mais uma vez não decepcionou e mandou ver no desafio.Aliás, mandou muitíssimo bem. Se tem um assunto que jamais se esgotará é a prazerosa (ou famigerada) relação entre sexo X amor. Nunca faltará Palavras para justificar, desmistificar, simplificar, postular, entender... Mas, quem disse que amor e sexo, são coisas para serem explicadas?

Beijos, abraços e aperto de mão.

A bola agora tá com a Sara!

*Pri disse...

A individualidade permanece. Quando as pessoas se convencerem disso (e do quanto essa individualidade na cumplicidade é saudável) estarão cada dia mais melhorando no amor e no sexo. E não é receita! rsrs, é opinião!

Batom e poesias disse...

"...pois amor e sexo sem equilíbrio é sinônimo de que, no mínimo, uma pessoa ficará na mão..."
kkk

Ótimo, querido, a crônica e seu humor.

beijos de batom

Sara Portal disse...

Tô gostando da ideia de interagir com vc e o Adison, e seu post me deu gás. Ops! ms foi pra escrever tah??!!

bJS

airlon disse...

'Há quem diga que para o sexo e para o amor a gente deve estar pronto para se abrir...' isso tem algum duplo sentido? No mais, concordo em tudo, e acho que ficar na mão definitivamente não é uma boa! Saudações musicais!

APS

Mirian disse...

os dois dependem de química, e sem química eles ñ existem!!!

adorei o texto.

bjs

Valéria Sorohan disse...

Lindo é o amor! E revoguem-se todas as disposições em contrário!

BeijãO

Jamylle Bezerra disse...

Bacana demais! E esse final... meio que inesperado né?

Concordo com você quando diz que todos fingem saber tudo do assunto, mas no fundo somos um monte de aprendizes a vida toda!

Boa semana!!!

Dei uma mudada no visual do meu blog. Passa lá e deixa a tua opinião... espero que goste!!!

Letras Saltitando disse...

hauhauahuaha, só dando que se fode!!

concordo plenamento que há de ter um equilibrio, caso contrário, as coisas perdem o nexo, o valor e até mesmo o discernimento.

byTONHO disse...



"o amor é, está
o sexo vem e vai (vai→e←vem)
o amor dá
o sexo bota e tira
o amor fica
o sexo volta
o amor tem
o sexo pede
o amor existe
o sexo acaba"

Aaaaaaaaaa...aaaaa...aaa...aa...a...acabei!

:(:

Daniel Savio disse...

As vezes as similaridades são melhores...

Fique com Deus, menino Eraldo.
Um abraço.

Mariana disse...

Há amor sem sexo, mas para mim o sexo tem q estar acompanhado do amor.

Fulvio Ribeiro disse...

Eraldo...

Gostei daqui, muito bom o espaço voltarei mais vezes.
Forte Abraço.