Seguidores

Nuvem de Tags

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Entre as paredes do quarto


Os extremos são amantes que jamais mantém coito, eles fodem mesmo
fodem com a vontade de quem fode com(o) a evolução natural do carinho
gozam ainda que carreguem a culpa por qualquer pecado inventado
e gozam mesmo, sabendo que o prazer reprimido é prazer otimizado, melhorado, estimulado

Para os amantes que admitem na mais profunda razão e loucura que são safados
A safadeza não é a barreira que atrapalha
mas o estímulo que os faz suar frio

O pecado e a lei dividem as paredes do quarto
entre o espelho no teto e a cama redonda, a culpa é a melodia cantada em gemidos
O pecado e a lei repartem as paredes do quarto
entre o espelho no teto e a cama redonda estão mais do que o marido e a mulher
lá estão antes namorado e namorada, cueca e calcinha, pau e buceta
Carinho e Safadeza.

O pecado e a lei nasceram juntos
Morrerão juntos
E nós
tu e eu
extremo e extrema
gozaremos juntos até essa hora chegar.

________________
Imagem: http://semeaduradeluz.blogspot.com

9 comentários:

Luna Sanchez disse...

Falar coisas simples de forma rebuscada pode ser interessante.

Falar coisas simples de forma igualmente simples e, ainda assim, deixá-las tão interessantes é o que há!

Adoro isso, Eraldo!

Beijo, com carinho.

ℓυηα

Atitude: substantivo feminino. disse...

É de quem? Seu?
Gostei. Gosto quando algo que beira o mal gosto se torna lindo.
Apaixonante.

Alline disse...

Eraldo, Eraldo, esse teu texto é um gozo só. Suado. Rasgado.

Tás vendo por que eu volto sempre? ;)

Beeeeeeeeeeeeeijo!!!

Batom e poesias disse...

É na beiradinha do abismo que nos sentimos mais vivos.

Extremamente sensual
bj

Déia disse...

Adoro quando deixamos claro nossa mensagem, com palavras que dizem exatamente o que deveriam dizer!

bj

Altavolt disse...

Grande Eraldo, direto, sem meias palavras e com muita verdade! Abração!

Valéria Sorohan disse...

Bom, melhor que os anteriores, porque sua poesia fica melhor a cada dia que passa.

Fátima disse...

Gosto do teu jeito de escrever
não-vou-por-máscaras-de-hipocrisia.

O texto está lindo, realidade constante ditas em tuas palavras.

Gostei muito, mesmo.

Beijo meu

inconstante k disse...

sabias palavras,como dizia manezinho Renato Russo"aquele gosto amargo"....