Seguidores

Nuvem de Tags

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Inacreditável!


Subitamente ele dá um tapa no rosto dela.
Ela grita.
Ele puxa o cabelo dela.
Ela continua gritando, ofegante.
Ele não se contenta e quase desesperadamente passa a mordê-la.
Para a surpresa dela, ela não consegue fazer nada além de gritar.
A cada momento que passa, ela fica em uma posição que sempre considerou humilhante.
- Sua safada, eu sempre soube que você não prestava!
No curto instante que separou o comentário dele da resposta dela, a garota lembrou do quão maravilhoso ele foi o dia todo. Palavras doces ao ouvido, olhares agudos e arrepiantes, sorriso terno e reconfortante, entre outras coisas que simplesmente tornavam inacreditável o comportamento dele naquele momento. Sem conseguir encontrar palavra melhor para descrever o que ela estava sentindo, ela só conseguiu gritar:
- Eu tô gozando! Bate mais!
Foi a primeira vez que ela viu diferença entre gozar e ter orgasmo.

9 comentários:

Déia disse...

Uau!!

apesar da foto delicada, me assustei no começo rs...na hora, pensei em violência domiciliar rs...só lendo compreendi a imensidão do momento que descreveu...

Só quando nos entregamos de verdade, os estranhamentos tornam-se familiares...e podem ser absorvidos com prazer...

Quanto a fazer o bem, eu tb sinto isso todas as manhãs... vambora praticar...
bj

tonhOliveira disse...



Vim ver o "vagabundo"
e vi um gozador,
nos melhores dos orgasmos sentidos...

Ahahah! Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah!

Ah!
Ina(creditável)!

Vim lá do Blog da Rossana.

Valeu Eraldo!

Luna Sanchez disse...

Oba, mais uma mulher feliz, no mundo!

* As feministas que não me ouçam, ou serei queimada em praça pública. ;)

Beijos de sexta, moço. Dois.

ℓυηα

Ananda disse...

meio tenso mais ela tava feliz(eu acho),então,dor nem sempre é ruim(bom,pra mim é horrível,mas há quem encontre prazer,o.O)

Sara disse...

Ora ora, bem peculiar esta maneira de ter prazer...cada um na sua maneira...de qualquer modo foi uma boa leitura, surpreendeu.

Jamylle Bezerra disse...

Nooossaaaaa!!!!!!!

Alline disse...

Gozo intrépido!!!!

Sara disse...

Olá Eraldo, tens razão há coisas que não podemos realizar depois de um certo tempo...olha conheço Legião sim, um amigo me apresentou, muito bom, adoro, depois de ouvir fui logo em busca da história deles, acredite legião já foi trilha de muitos momentos da minha vida...abraços

Léo Santos disse...

Ah! Sim! Agora entendi como é... Parabéns pelo belo e interessante poema!

Um abraço!