Seguidores

Nuvem de Tags

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

A Fórmula da Conquista


     Outro dia estava acompanhando um amigo meu em sua saga para tentar conquistar uma garota. Contrariando meus humildes conselhos ele chegou a enviar flores e até uma  carta de amor. Na época, ele pediu que eu escrevesse a tal carta. Eu escrevi. Ficou bonitinha até. Bom, as flores ela deve ter deixado murchar em algum canto da casa. Os bombons ela deve ter repartido com os irmãos e acabado em menos de meia hora. A carta de amor ela deve ter achado tão bonita que deve ter guardado pra alimentar o ego toda vez que tivesse com baixa autoestima – hoje eu não amanheci modesto. E ela jamais deu se quer um selinho no pobre.

     Soube, por fonte segura, que no dia que ele criou coragem para marcar um encontro ela não foi. Não porque tinha uma prova no dia seguinte, como justificou pra ele, e sim porque nessa hora ela havia marcado de ir ao motel com o ex-namorado dessa minha fonte segura. Mas ele não pode dizer que não avisei. Ora, ela não era do tipo que curtia um romance. Ela queria mesmo era dar – um abraço bem grande na vida como ela é.

      Esse negócio de que toda mulher é fiel e romântica, e blá blá blá é papo de quem não tem um ciclo de amizades muito variado, no mínimo. Há meninos e meninas com gostos e pretensões dos mais variados tipos. Mas não se oferece churrasco pra uma vegetariana, nem se presenteia com a camisa do vasco um torcedor do Flamengo. Não podemos achar que há uma fórmula pronta pra conquistar as pessoas, mas o bom senso é sempre um ótimo aliado. 

      Bom mesmo é não saber como se conquistar. Mesmo porque, em qualquer relação somos coautores da mesma obra de arte ou cúmplices do mesmo crime. Nenhuma relação tem nada de novo e ao mesmo tempo todas são únicas. Claro que vale termos algumas cartas na manga, mas elas não valem de nada numa situação em que estejamos sem blusa. Se tiver que dar um conselho para quem queira conquistar alguém, seja para uma noite de amor, seja para um namoro, eu oriento a cada pessoa conhecer e gostar de si própria/o, conhecer os próprios limites e vantagens. O resto vai rolando como tem que rolar. E se rolar aquele friozinho na barriga de insegurança que te faz tremer na base... vai lá, cara! Só porque pode dar certo vale a pena.

14 comentários:

Rossana disse...

Quando nos encantamos com alguém, o danado do bom senso, faz greve, fica mudo, bate em retirada, toma doril! Depois do pontapé na bunda ele volta com cara de cachorro pidão...rsrsrs
Muito bom o post!
Bj ;)

Diogo Didier disse...

Fiquei bem dividido agora. Porque concordo com o seu ponto de vista, pois temos que mostrar o melhor caminho para aquelas pessoas que nos pedem ajuda.

Mas, por outro lado, concordo com o que a Rossana disse acima. Infelizmente quando queremos alguém nossa mente para de usar a área da racionalidade, entregando-se ao total devaneio. Nesse estado de transe, só um choque de realidade pode fazer com que a pessoa apaixonada encontre a razão necessária para enxergar a dimensão dos próprios atos.

Ou seja, vai ter que errar mesmo, sofrer, chorar até amadurecer po completo. Assim, nas próximas relações, estaremos refeitos e com mais perspicácia para, antes de qualquer coisa, gostar de nós mesmos.

bela abordagem querido! bjoxxxxx no coração

Roberta disse...

"E quando a gente pensa que encontrou as respostas, vem a vida e muda as perguntas..." e penso ainda, que talvez, ela se achegue e sussurre as mesmas perguntas, para que possamos encontrar outras respostas, que ainda não saberemos ao certo se são as respostas certas... e o que é o certo afinal?...

Breve e leve!
Admiro-te-ia-ei-rei

Tá registrado tá!!!!!!

[Ananda] disse...

" Bom mesmo é não saber como se conquistar.[...] Nenhuma relação tem nada de novo e ao mesmo tempo todas são únicas"...demais..Sinto um pouco assim,todas as coisas são únicas e eu quero vivê-las de forma sutil e não tentar fingi-las,quando vc sente e vai vivendo não precisa pensar no que fazer,elas vão acontecendo.
"Sorria,eu pretendo levar a vida.."ao som de samba (estranho não é?)
bj lindo.^-^

byTONHO disse...



Na h.ORA H, faz-se "Re.Fórmulas"!

:o)

Dama de Cinzas disse...

Muito bom seu post! Não tenho muito o que acrescentar exceto ratificar que pessoas são únicas e relacionamentos também são únicos, nenhum funciona igual a outro, são como impressões digitais.

Beijocas

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

"Conhecer e gostar de si própria/o, conhecer os próprios limites e vantagens. O resto vai rolando como tem que rolar. E se rolar aquele friozinho na barriga de insegurança que te faz tremer na base... vai lá, cara! Só porque pode dar certo vale a pena."

Uma aula de filosofia de vida ...

bjão

Dhal Pinheiros disse...

Existem mulheres que você conquista com um olhar. Existem mulheres que você conquista com uma conversa. Existem mulheres que você conquista com um jantar.
E para todas as outras existe Mastercard rs
Beijos Heraldo

Mirian Oliveira disse...

se houvesse uma fórmula pra conquista, também haveria pra curar corações partidos, desilusões, tristezas, essas coisas que a gente tem sente quando se apaixona... bom, mas como isso não existe, agente vai levando....
vejo a conquista como um jogo de sedução... vc faz seus movimentos, o outro tmb... vc o envolve... faz o outro querer...vc quer mais...e assim vai levando... as vezes rápido... as vezes devagar...dependo do momento...da ocasião... essas coisas...

adorei o texto... acredite, me vi nele!!

bjs

SolBarreto disse...

Concordo plenamente com voce, cada pessoa e cada situa;ao neste ponto e em parte igual e tambem unico, so vivendo mesmo o momento...

Alline disse...

Ô Eraldo, eu ando fazendo tudo errado, só pra variar um pouco o trivial... mas é assim que se aprende, certo?
Agora cuido de mim. ;)

Beijinho =)

Letras Saltitando disse...

Não adianta... borboletas na barriga, é o sinal verde pra paquera!

boa semana, bjoooooo

Roberta disse...

Com certeza eu não descobri a fórmula das palavras, nem dos blogs... mas é que vez ou outra eu acabo escrevendo e como não são mtos os leitores a gente conquista pela procura, mas nao lhe trouxe nem flores, nem chocolate, mto menos uma carta de amor. "Querido!"

Batom e poesias disse...

"Claro que vale termos algumas cartas na manga, mas elas não valem de nada numa situação em que estejamos sem blusa."

Adorei.
Bj

Rossana(2)